quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Crónica do médico dos livros IV

Características e propriedades do papel

 Normalmente, cada papel, seja artesanal ou industrial, tem:

Um nome: “arches”, “basis”, ingres”, etc.
Uma composição: 100% algodão, 50% kraft + 50% eucalipto, etc.
Um uso: desenho, aguarela, decorativo, etc.
Uma gramagem: (90g, 120g, 240g, 360g, etc.) de acordo com a qual será papel, cartolina ou cartão, e que lhe dará também uma espessura;
Um tamanho definido em centímetros ou por números estandardizados (DIN A4, Couronne, Coquille, etc.)
Uma cor: cru, vermelho melancia, tabaco, escarlate, violeta, etc.
Um acabamento de superfície: vitela, ripado, gravado, acetinado, brilhante, irregular, texturado, etc.
Barbas: largas, fibrosas, irregulares, muito rústicas, etc.
Marca de água;
Propriedades especiais: direcção da fibra, colas especiais, porosidade, cargas, materiais acrescentado, etc.
Uma apresentação: folhas soltas, pacotes de 10 unidades, blocos, resmas, a peso, etc.

Outras características: opacidade, dureza, resistência, flexibilidade, impermeabilidade, etc.

Diferentes acabamentos de superfície do papel artesanal

 Alguns dos formatos mais usados ao longo da história e que continuam a ser usados, devido à sua versatilidade na arte e na tipografia.

Mostruário de papéis coloridos.

Sem comentários:

Publicar um comentário