segunda-feira, 1 de maio de 2017

Amigos do Arquivo de Penafiel
Passeio da Bela Vista
        O largo de São Mamede, na 2.ª metade do século XIX, perdeu a sua capela e transformou-se em “passeio de recreio”, algo muito em voga e ao gosto da centúria de oitocentos.
A Câmara eliminou a escadaria de acesso, corrigindo o traçado da rua.
No início do século XX, a Câmara propôs arrendar parte deste passeio para que privados aí implantassem o cinematógrafo.
A proposta do Jaime Valverde foi aceite, ocupando o cinematógrafo 20x10m, com um alçado Arte Nova.
 
GRAVETO, Pedro José Garcia do Nascimento – A Matriz até à Misericórdia. Coimbra: Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, 2000.
Tese de Licenciatura policopiada, p.56.
Imagem retirada do mesmo livro, p.56.

 

Sem comentários:

Publicar um comentário